Você que me lê, me ajuda a nascer.

quinta-feira, janeiro 19, 2017

Julieta.


2 comentários:

Cássio Serafim disse...

Assisti a esse filme e emocionei-me bastante. Fui ao cinema, cheio de expectativas em relação ao que pensamos e esperamos de Almodóvar. Porém, o filme surpreende em vários aspectos. O primeiro é o facto de Almodóvar apresentar à audiência um filme bem diferente do seu estilo conhecido, polémico, cômico, tragicômico... presente em tantos de seus filmes. Em Julieta, ele traz questionamentos e surpresas também, mas num registro bem diferente. O ritmo é outro. Chorei horrores.

Migh Danae. disse...

Cássio, veja você, esse filme não me pegou. Eu gosto de muitas coisas de Almodóvar, mas não desse. Claro, gosto de muitas coisas do filme, a fotografia e a direção de arte me encantam, mas a história não me diz nada. Fiquei mais interessada em saber mais sobre Marian do que qualquer outra coisa.