Você que me lê, me ajuda a nascer.

segunda-feira, abril 18, 2016

OS BEBÊS E OS ESTUDOS ANTROPOLÓGICOS: conhecendo os bebês Beng



Eu escrevi uma resenha sobre o livro Tudo começa além da vida, de Alma Gottlieb.

Tá nessa revista.



Fotos do livro extraídas aqui

Um comentário:

Helo disse...

Foi a primeira coisa que li sobre antropologia da criança. Adorei. A começar da citação com que inicia. A relação entre o antropólogo e as pessoas que estuda é uma relação de poder e como tal, a arrogância é um risco constante, que a mim me obriga a recorrentes pequenos ritos de humildade. Os Beng e seus bebês revelam que temos cada dia mais o que aprender com os povos tradicionais. Só vejo o quanto temos cada dia menos valorizado o ser humano. Favorecer e apreciar contatos corporais é, segundo a psicanálise, não me lembro qual autor, um índice de saúde mental. Enfim, uma ótima leitura. Vou compartilhar com minhas colegas de doutorado que tem filhos recém-nascidos.