Você que me lê, me ajuda a nascer.

segunda-feira, junho 02, 2014

Destino.

Semana passa inteira passei pensando nele, depois de ter contado sobre nossa história para uma nova amiga. Lembrei de tudo que ele fez por mim e seu carinho especial, seu jeito de me amar que até hoje sei que era de verdade.
Eu sinceramente não sei porque não deu certo. Há quase dois anos atrás, quando procurei por ele novamente, estava decidida a voltar. A pedir. Ele tinha acabado de firmar compromisso. Passou.
Depois de tanto pensar nele, ele me escreveu se dizendo saudoso. Eu também estava. Acho que sempre vou estar. Eu gostava do jeito homem dele, cheio de problemas e ainda assim me amando. De um jeito torto e quase errado, mas era amor. 
Nunca vou esquecer. 

2 comentários:

Azul Rasgado disse...

Oxe! Tu pegou minha história e escreveu.

Migh Danae. disse...

Ran.