Você que me lê, me ajuda a nascer.

quinta-feira, maio 01, 2014

Blasé.

Eu me surpreendo com as coisas (ainda).
Mas eu gosto disso. De me assustar. Com pessoas blasé.
Eu demorei pra descobrir isso. Eu chamo de blasé aquelas pessoas que acham que é virtude não demonstrar sentimentos. Ficar sempre com aquela cara de "isso não importa" para todas as coisas que você fala.
Eu não entendia isso como um valor e admiro Maria, que abre uma boca enorme para quase todas as coisas que você fala pra ela. E ri loucamente com as piadas, e se revolta antes de você terminar de contar uma coisa revoltante ou fica tristíssima com a morte da bezerra.
Aí o tempo passa e quanto mais você estuda e se mete com esse povo, parece estranho sentir. Encontrar um amigo na rua e demonstrar uma felicidade para além parece já loucura.
Por outro lado, no Facebook e nas demais redes sociais, as pessoas demonstram uma felicidade absurda, incontida. Na vida real, blasé. E no mundo virtual, tá tudo MUITO legal. Eu tenho medo, eu tenho medo.
Me deixem por aqui. Um moço no ponto de ônibus puxou papo e repetiu uma frase algumas vezes. Eu disse:
Isso é coisa de rede social, né? Eu descobri que quando uma pessoa repete muito uma frase no meio de outras, uma coisa sem sentido (mais ou menos um "só que não" ou  um "fale-me mais sobre isso"), é coisa de rede social. Como não sou muito afeita a essas redes, foi um jeito que descobri de saber o que anda rolando, sem estar por lá. 
Ele disse que eu era engraçada, mas ficou sem jeito. Tudo bem, ele parecia estranho ou coisa assim. Não estava preocupada se seríamos amigos. Definitivamente, não tenho a mínima intenção de ser blasé nem inventar um duplo de mim numa vida virtual. Quer dizer, há gentes que inventam pessoas mais legais do que elas são ou fingem ser outras, isso é mais que duplo. Isso é demais pra mim.
Minha avó, sem muita conversa, chamaria isso de hipocrisia, falsidade ou maluquice. A gente eufemiza tudo depois de uns quatro anos de universidade. 

3 comentários:

Azul Rasgado disse...

Lembrei de um texto de Caio F.

Azul Rasgado disse...

Ou depois de 10.

Migh Danae. disse...

Eufemizar, palavra que tirei do meu dicionário, assim como abolir.