Você que me lê, me ajuda a nascer.

segunda-feira, março 03, 2014

Maria Bethania ou sobre a arte de sentir a música.

Se você chegasse agora, não ia me encontrar chorando.
Mas o luarão lá fora sabe que a saudade anda me matando.

Quem inventou coisas para falar de amor? É só deixar ele chegar que ele vem. Sem muita força, sem parecer especial. E muda tudo que você pensou ter certeza.
Mas, talvez essa não seja a maior surpresa.
É a força que ele tem de te fazer sempre recomeçar.
Há sempre gentes que valem a pena.

2 comentários:

Azul Rasgado disse...

É incrível Bethânia visceral.

Migh Danae. disse...

Ran. Alegria de viver.