Você que me lê, me ajuda a nascer.

domingo, março 17, 2013

Coisas de cor (de coração).

Ainda não consegui escrever poesia de amor para o amor. Então, vou aqui copiando coisas lindas que leio por aí. Por amor, por aí. Mas sentindo amor bem aqui.

Desejo

Geni Guimarães

Pousar 
De leve em teu pescoço a minha mão
e contar carneirinhos em tua nuca.
Botar a alma para dormir 
aos pés dos teus cabelos.

Trilhar-te passo a passo 
como se soltasse as mãos sobre pianos. 
e após o efeito do néctar que aspiro;
dormir. 
Ser recheio, desta concha você. 

Um comentário:

Migh Danae. disse...

Preciso responder mais nada.