Você que me lê, me ajuda a nascer.

sábado, abril 03, 2010

Lembranças.

Eu lembro que o minha farda da prontidão era azul e branca, quadriculada. Era uma fofoquinha, você sabe o que é, aquele shortezinho com elástico na coxa, eu tinha um desse e uma camiseta branca com o logo da escola, é a minha lembrança da prontidão. E eu lembro que numa prova onde a gente tinha que colocar os substantivos coletivos eu pus bouquet - assim mesmo, escrito em francês - para flor. Era ramalhete, mas a professora acreditou em mim. Não me lembro quem me ensinou a escrever assim com oito anos, mas é certo que eu lia muito. Eu lembro dessas coisas da escola. E lembro que eu gostava.

Um comentário:

baianices disse...

Ah, eu me lembro de suco de manga na garrafinha, da escolinha no Barbalho, de minha mae me beijando toda manha na porta da escola. Me lembro do parquinho na hora do recreio e de como eu me sentia as vezes uma estranha ali naquela escolinha que nao era no meu bairro.
Carla