Você que me lê, me ajuda a nascer.

terça-feira, outubro 02, 2007

nunca te respondi, pois achei que não devia. Nosso encontro foi curioso e divertido. Gostei mesmo. Seu jeito extrovertido e sincero é encantor. Entretanto, existem coisas encantadoras que perdem sua luz após uma noite de sono. Não que você seja uma pessoa desinteressante (em todos os sentidos), ao contrário, porém, creio que não possuímos pontos em comum que façam que marquemos um outro encontro. Desculpe a franqueza, mas não temos nada há ver um com o outro. Não é frieza paulista, é só uma constatação importante. Espero que você seja feliz! Creia em mim, existem paulistas que são legais. Abraço. Tirem as conclusões que quiserem, foi só o que ele disse. _____________________________________________________________________________________ Ah, fessôra, minha mãe vai me mudar de escola Por quê? Por que aqui nessa outra dá leite Num escreve bilhete pra minha mãe não Por quê? Ela me bate de mangueira Meu padrasto num gosta da minha mãe Por quê? Por que ele bate nela, na frente da gente Eu não li, eu não assisti, eu sou a nêga drama, eu vivo a nêga dramaa, diria o Brown. Depois não querem que que eu chore, chore de soluçar, escondendo o rosto na toalha, depois de uma ducha, imaginando o que estará acontecendo na casa dessas crianças, na hora que eu chego em casa, almoço, leio livros e vejo filmes.

5 comentários:

azazel disse...

MEU ESSE TROÇO DE BLOG É ESTRANHA FOR ME...

FIZ UM COMENTÁRIO SUPIMPA PRO CÊ E NÃO FOI PUBLICADO...

ESTOU TESTANDO...ISSO É UM TESTE...PUBLICA MANO...PUBLICA...

azazel disse...

migh, soi jô...aquele que pediu seu telefone...gosto muito das coisas que ocê escreve, mas não tô nessa não...

gostei do fundo da VALENTINA...é a valentina não é...do CREPAX...esse seu viés sensual é interessante, como é interessante como você tenta obliturar essa sensualidade...
em outras pessoas soaria como puta que beija a boca...mas, em você, soa como a Chapeuzinho Vermelho que embaixo das maçãs guarda o seu incomensurável...vibrador...

estou a bordo...me aguente...

beijos ardentes, beijos molhados, nos seus óvulos natimortos...

dadadadadadaaaaa disse...

ciao meu bixim lindo! chora não... a vida é feia às vezes e a gente não sabe mesmo o que fazer, né?

scusa hein, ma gli ovoli natimorti non sono quelli che espelliamo una volta al mese? credoincruiz questo è proprio un uomo particolare... acchiapalo!
baci tanti

Migh Danae. disse...

Só tem maluco por aqui.
Se eu sou Chapeuzinho, tu é o caçador?
Por que Lobo Mau, eu já comi na entrada. Sobrou o caçador pra prato principal. Isso se a vovó não acordar até lá...

Migh Danae. disse...

Matto, da-da-da, matto... come quasi tutti che becco...