Você que me lê, me ajuda a nascer.

segunda-feira, setembro 17, 2007

Na paz.

Não tenho mais preocupações. Já sei que o homem que eu sempre quis perto existe. Sorri bonito, gosta de cerveja e de crianças, faz mil coisas ao mesmo tempo e é lin-do. Lin-do assim dito beeeem devagar, como vento quando bate no rosto da gente descendo a ladeira, é assim a lindeza dele, por isso eu sou feliz só por que ele existe e fim, ele nem precisa ser meu e eu sou feliz, não precisa me olhar e sou feliz assim assim, pela graça de amar agora, amar hoje e sou feliz, amor e nada no bolso ou nas mãos, quero seguir vivendo, e vou sorrindo, por que amo, por que ele existe. E eu vivo chorando. Quase sempre se tem criança no meio eu choro feito boba, entro na lotação e vejo mãe chata que briga com criança, choro. Eu sou boba demais, deveria andar com camiseta escrita essa frase para não assustar as pessoas com meu choro, por que se eu quiser chorar eu choro mesmo, assim também como quando eu quero sorrir eu mando ver, então deve parecer loucura, mas quem liga? E quanto mais a gente lê mais exigente a gente fica pra escrever, tu fica refinada e metida a conhecer estilo de escritor, escritora, ahá. Terminei de ler Pedro Juan de novo, eu gosto dele e tudo e tal, mas aí tu lê três, quatro livros e fica falando, ah, essa vírgula aqui, aha, eu me divirto com isso. Eu só sei que mais se escreve mais se quer apagar tudo, mas se aprende da gente mesmo, é uma viagem interior, e depois tu não sabe por que tu tá melhor, por que tu é feliz, mas eu te digo, acho que é bem por essas coisinhas simples, poder ler um livro, tomar um bom vinho, assistir um bom filme, chorar por criança, lavar a alma, não deixar nada engasgado, sorrir, sorrir de novo (e muito!), brincar, ouvir música, comprar um brinco novo, tudo isso e mais aquilo que eu disse lá em cima, que é conhecer assim tão cedo o homem que com certeza me faz feliz, mesmo longe, mesmo sem tempo e cheio de conversa mole pra meu lado.

2 comentários:

Anônimo disse...

Vc é excelente. Ah, qdo é o sussurro?

Migh Danae. disse...

O sussurro?
Aqui, ó. :-P