Você que me lê, me ajuda a nascer.

quarta-feira, abril 18, 2007

O que é a realidade?

Coisa como essa que me aconteceu hoje fazem você se perguntar o que é essa tal realidade. Eu tinha certeza que havia pago uma conta, e então me disseram que não. E o comprovante. O danado do papelzinho amarelo sumiu, mas eu jurava que havia pago, e pior, jurava que havia visto o papel na semana passada. Mas como não o achava, comecei a pensar se havia realmente pago e se não teria eu havido um surto louco. Nada que uma boa faxina não faça por você. Atrás da cômoda. Ufa, aliviada. Mas então você pensa: seria realidade se eu não tivesse achado o papel? A realidade só seria uma: a que o SERASA já havia me mandado uma cartinha, e que eu teria que desembolsar a grana de novo (quer dizer, esse de novo só existe aqui por que achei o papel... não fosse ele, eu não acreditaria no pagamento da conta). Em suma: a realidade, essa que você se apega tanto para não acreditar em deus ou no diabo, também só existe na sua cabeça. Eu errei feio. Ontem foi paralisação e eu não parei. Estou me sentindo um cocozinho. Deveria ter parado, errei, errei. Não sei como expurgar a minha sensação horrível de idiota política. Não vai acontecer mais, prometo pra mim mesmo. 10 de maio vem aí. Quero minha mãe.

Um comentário:

grace disse...

eu quero um vale!!!