Você que me lê, me ajuda a nascer.

segunda-feira, fevereiro 05, 2007

(des) conclusões.

Sem escrever, sem escrever. Mas estou por aí. Quando estou muito feliz, não encontro tempo para escrever aqui, deito na cama, olho pro teto e pras fotos só absorvendo a energia do meu mundo perfeito. Venho aqui, abro a página, meus dedos começam a escrevinhar qualquer coisa, mas paro, paro por que me acho esnobe demais, isso é lá coisa para ficar escrevendo toda hora, essa coisa que chamam de felicidade, isso é lá tema pra blog, as pessoas querem ler desgraças, tristezas, sofrimentos, ninguém tá acostumado com a felicidade, então eu fico quietinha por que eu sempre fui muito educada, não gosto de estragar a festa de ninguém, não quero perder leitores que me lêem aqui e vão me achar uma metida. E hoje não estou infeliz, estou só de TPM, então eu sei que vai passar e a vida vai me sorrir de novo. Por que eu fico assim-assim quando a TPM chega, mas dura pouco, no máximo uns dois dias, eu não acho a menor graça em ficar triste, então eu olho para mim mesma e me dou um tapa, falo então "toma vergonha, tás reclamando do quê?", então ela vai embora, assim como chegou, do nada. Conheci uma das pessoas mais lindas do mundo. Estava aqui, do meu lado, me deu a mão, beijou meu rosto, sorriu comigo, me ensinou. Eu posso morrer em paz, era lindo e continua vivo. Tomara deus você também possa conhecê-lo. E ele me disse "pára de escrever, vai viver a vida", nem tchun pro meu blog, a gente comendo comida chinesa na Liberdade e chovendo uma chuva fina, perfeito pra uma foto. Ele me diz, que nada, também tenho meus defeitos, mas quem disse que ele não tem defeito, nem por isso deixa de ser o mais lindo, mais sexy, mais-mais. Hoje descobri que vou trabalhar mais que no ano passado, estudar mais que no ano passado, para poder ser alguém na vida. E nota, ano passado eu estava no limite, então não sei o que fazer. Vim no ônibus bolando horários malucos para tudo, como por exemplo, da uma às duas da madruga, checar e-mail's, isso por que essa hora quase ninguém são está acordado então eu não perigo de arrumar um louco para bater papo no meio da semana via msn e perder horas de sono. É isso, isso que é crescer, amadurecer, toma, não queria, agora aguenta. Beuavior me ensinou que pra aprender bem uma língua e conhecer um país, só mesmo arrumando um amante local. Não falo mais nada. Aqui na internet acabei de ouvir a música que me cantaram, encenaram, como é feia, pensei, como é brega, ixe, mas parecia linda quando ele fechava os olhinhos e cantava. Mais brega ainda por que eu pedia mais, mais brega ainda quando ele parodiava e eu ria feito besta, o que mais a gente quer da vida, quando tem pôr-do-sol, vista pro mar, e amor, e amor, amor até dizer chega? Qualquer música idiota, qualquer rima fica engraçada de tão bonita, e o peito da gente se acalma, por que tem aconchego, que é o que todo mundo quer nessa vida, no fim, meio ou começo. Será que todo mundo pensa em escrever um livro? Será que eu sou normal? Será que vou ter filhos? Acho lindo quando um homem me diz que quer ter uma menina, acho tão doce... que nem o doce de batata-doce. Todas as nossas previsões sobre os homens, estão todinhas erradas.

6 comentários:

morenaflor disse...

"Lê-La" é quase tão bom quanto conversar contigo!tem certas coisas que eu não sei deizer ( e nem escrever!) e vc faz com tanta facilidade...

Grace Nunes disse...

Por fim, ela imaginou que esta mesma irmãzinha seria no futuro uma mulher adulta, que ela conservaria nos anos mais maduros o coração simples e amoroso da sua infância, que ela reuniria ao redor de si outras crianças, fazendo os olhinhos brilharem desejosos de mais uma história estranha, talvez até com o sonho do País das Maravilhas do passado, e que ela se compadeceria de suas tristezas simples e encontraria prazer em todas as suas alegrias simples, lembrando-se da sua pr´pria infância e dos dias felizes de verão.Gostou? tem mais um pouquinho de nada no meu blog...bjs.

Migh Danae. disse...

Estou pensando seriamente em pensar seriamente em escrever um livro.

Grace disse...

puxa q puxa!!!!!!!!!!

Migh Danae. disse...

É sim.

grace disse...

isso eu transcrevi do livro de Alice no País das maravilhas...