Você que me lê, me ajuda a nascer.

sexta-feira, dezembro 08, 2006

Eu só penso nele.

Quante cose mi dice il silenzio che mi parla. Dice, Samu, sai perchè è bello vivere? Tu sai ascoltare suoni, sensazioni che chi vede non li può sentire... Ha orecchi, ma non ascolta, ha occhi, ma non vede, parla, ma non dice niente... Quante cose il mondo non sfiora pìu con il proprio cuore. Nel buio in cui vivo da cerca vent'anni, ho visto l'anima della vita... Per questo sono felicedi ascoltare il silenzio che mi parla... Não podia deixar de publicar isso aí. Mas eu só penso no Ben Harper, revoltada por que quem tá no Festival de Verão em Salvador vai pagar míseros 30 contos pra ver o meu grande amor dessa temporada... pode? Não pode, por que eu vou pagar 150... mas ele merece... se eu pudesse, compraria todos os ingressos de todos os camarotes, sentaria bem ali no meio com um vestido vermelho, essas coisas. Aha. Hoje eu estou linda, de vestido, mas continuo confusa. Descobri que ando perdendo calcinhas por aí. Sim, ontem fiz uma geral nas gavetas e percebi que faltam algumas. Não sei, sou sempre muito cuidadosa em guardar minhas coisas quando viajo ou durmo fora, mas esquecer calcinha deve ser meio um rito, elas praticamente somem. Se eu esqueci alguma na sua casa, por favor, me devolva. Eu não lembro, mas tem uma amarelinha que faz uma falta danada. Depois a branquinha... hoje comprei mais duas, vamos ver quanto tempo dura.

2 comentários:

daiza disse...

aqui em casa ficou somente a vaca quebrada, a bateria do telefone e a saudade.

Migh Danae. disse...

eu adoro você. e pior: vai ser pra sempre.