Você que me lê, me ajuda a nascer.

quarta-feira, novembro 01, 2006

Curitiba.

Aqui no Tietê, apressada, as coisas passam rápido, mesmo depois de ter acabado de assistir na Paulista um filme francês, tomando café quente com adoçante. A vida é tão simples então. Tou chegando, bota água no feijão.

Um comentário:

mana disse...

É pra já!