Você que me lê, me ajuda a nascer.

sexta-feira, setembro 22, 2006

Por Dayza. Para ela.

Para ela. Por que eu esqueci de dizer pra ela que eu gosto do cabelo dela. E de que eu gosto do nome dela com y e z. A cada foto, eu queria que ela estivesse ali e queria ter dito pra ela como eu sei que ela é especial, como foi decisivo pra mim ela me ligar e me dizer "vem aqui", e conversar horas e horas comigo em italiano-português, como eu gosto da comida que ela faz, e de como é bonito o vestido de bolinha que ela veste. Foi pensando nela, e no Leo, cada foto. Não sei bem por quê. Talvez por que eles me fizeram ver flores, em cada espinho. Eu queria dizer isso pra ela, por ela. Mas ela não está aqui então eu mando flores. Eu escrevo. Deveria ter tido coragem e dito assim na bucha pra ela, pra ele, como eram importantes. Mas como eu ia saber? Na verdade, acho que nunca saberei. Por Dayza, para ela.

Um comentário:

dayza disse...

Oi menina! Fiquei toda estufada... parecendo peixe-bola! Foi tão lindinha a homenagem que até emocionei (mas de alegria!). O Leo veio ler e te manda um beijo. Mas a pergunta não quer calar: quando é que voce volta??? Beijos mil de saudades