Você que me lê, me ajuda a nascer.

domingo, agosto 06, 2006

Se fosse ele...

Viajei tanto pra conhecer alguém e conheci outro que me iluminou uma noite. Passamos horas e horas conversando sobre a Guerra do Golfo e aquecimento global. Horas e horas falando sobre o trânsito em Londres e a tecnologia dos bancos nas ilhas Kayman. Mas eu não sei como encontrá-lo de novo. Espero que ele seja normal e tenha um celular. Que atenda e diga oi pra mim. E que queira me iluminar a vida qualquer dia desses. Claudio, esse post é uma homenagem.

2 comentários:

Anônimo disse...

olaaaaaaaaaaaa
tudo bem?
bjao miga* gostei dakl dia :)
fica bem...
bjuu**

Migh Danae. disse...

Mas quem é você?