Você que me lê, me ajuda a nascer.

domingo, maio 28, 2006

Come vuoi.

Eu ODEIO essa frase aí de cima. Algo como "faça o que você quiser". Se alguém me diz isso, eu entendo "Pouco me importa o que você vai fazer ou pensa, não tou nem aí, dane-se". Será que é difícil entender que às vezes quando a gente diz "Não tou bem, não é com você, me deixa só", a gente quer ouvir um "o que você tem?", é muito difícil? É? ... Eu sei, é difícil mesmo. Eu tenho certeza que é. Eu mesma quando alguma amiga some ou não me explica o que quer, fico assim perdida e muitas vezes não entendo o que ela quer que eu faça. Não dá pra entender mensagens subliminares sempre. Não dá pra saber que tão fazendo charminho todas as vezes que te dizem "se afaste", eu mesma nem uso muito esse recurso, pra não ouvir um "come vuoi", que me mata por dentro sempre. Como eu quero então que um homem, o homem que eu amo, entenda os meus sinais de fogo todas as vezes que eu fizer assim pra ele? Impossível, né? Sim, é impossível, eu só acho que estou cansada e com saudade. Com vontade de ter ele perto, abraçar, falar nada, rir da camiseta verde e amarela, essas pequenas coisas que curam qualquer calundu. Eu passo a semana ocupadíssima, eu corro, eu faço tanta coisa e hoje o ferro quebrou e eu não tenho o que fazer, eu queria passar roupa e queria que não fossem já quase 2 horas da manhã lá, queria poder ficar com ele aqui mais tempo, queria que ele não precisasse dormir pra ir trabalhar, e a máquina de teletransporte fosse inventada no Brasil pra viagem custar em real e não em outra moeda quase 3 vezes mais. Mandei um e-mail e disse isso pra ele, é o mínimo que eu poderia fazer. Né? Sabe o que é mais estranho? Eu odeio ser chata. E eu sei quando estou sendo chata. Eu sei, EU SEI. Só que eu já assumi para mim mesma que isso infelizmente acontece de vez em quando, ser chata não faz parte de mim mas faz parte da vida, conversar sobre um detalhe da vida da mosquinha que pousou no meu ombro naquela tarde, se vai me fazer melhor, vou ter que fazer isso, vou ter que fazer. Alguns namoros meus acabaram simplesmente por que eu não queria ser chata, queria ser sempre legal, legal, e acabou, por que ninguém é legal o tempo todo. E sinceramente, é a primeira vez que eu não quero que acabe. Acho que estou melhor. Queria que ele soubesse disso.

5 comentários:

Anônimo disse...

cazzo escrevi 7 vezes uma coisa e o blog apagou...te escrevo por email bjos incazzatos
F#

Daíza disse...

Eu também sou chata!! Mas tãããão chata que demorei até a responder o teu recadinho tão delicado... Te adicionei no msn mas ando sem tempo prá papear na net: meu ferro não quebrou e tenho um monte de roupas de clientes prá passar, só trabalho! Gostei de te conhecer!
Baci e ci sentiamo/parliamo/vediamo.

Migh Danae. disse...

A internet continua maravilhosa!
Prazer, prazer mesmo Daíza!

grace disse...

Vê se combina, só sei essas três frases em italiano e que eu acho que eu odeio também mas nào sei se assim se escreve, lá vão:
Vá bene, Fa presto, Fa niente. Urra!! Meio chato brincar com a sequência delas ao mesmo tempo, mas... Viva a língua e o esporte.

Migh Danae. disse...

Legal!
Adorei as frases, escreveu certim!