Você que me lê, me ajuda a nascer.

segunda-feira, setembro 19, 2005

Eu e meus problemas.

Acabei aprendendo uma coisa simples pra continuar vivendo. Quer saber? Eu simplesmente deixei de me preocupar com os problemas. É, isso aí. Eu deveria ter me preocupado deveras com um problema na semana passada e até ter deixado de sorrir. Mas sabe o que aconteceu? Hoje ele foi resolvido. Imagina se eu tivesse perdido o fim de semana a me lamentar? Tranquila, tranquila... me diverti bastante, fui trabalhar hoje depois de uma semana dodói (ô saudade dos meus e minhas pequenos e pequenas...), dei muita risada, cantei "Eu não sou daqui..." e quando cheguei no dito cujo, resolvido. Resolvido. E como dizia o finado: "Quem esquenta a cabeça é palito de fósforo". Eu tou doida procurando no Skype um peruano, um argentino, um sulamericano qualquer pra me ensinar "Arroz con leche, mi quiero casar/ con una guapita que saiba bailar", mas não acho nenhum! Começo a cantar e eles dão risada, acham bonitinho e me perguntam onde eu aprendi essa musiqueta. Ora, onde aprendi... eu quero aprender inteira pra ensinar pros meus e minhas... bobos... Tou ali escrevendo cartas. Qualquer coisa me chama.

2 comentários:

Mauricio disse...

Arroz con leche
Me quiero casar
Con una señorita
que sepa bailar.

Que sepa coser
Que sepa planchar
Que sepa abrir la puerta
Para ir a jugar.

Arroz con leche
Me quiero casar
Con una viudita
de la capital

Que sepa coser
Que sepa bordar
Que ponga la mesa
En su santo lugar.

Yo soy la viudita
La hija del Rey
Me quiero casar
Y no hallo con quien

Migh Danae. disse...

Eu já disse que te amo hoje, Mau?